Google+ Followers

sexta-feira, 17 de abril de 2015

Cirilo de Jerusalém: É preciso aborrecer até os suspeitos de heresia!

Cirilo de Jerusalém


Aos que nos indagam e se jactam de arguir-nos sobre nossa atitude " acusatória" no que toca a figura do sr. Pe Paulo Ricardo( embora não se jactem de defender a fé nestes tempos de crise, assumindo postura de tibieza) como se zelozos fossem, acusando-nos de desmedidos e arrogantes ou precipitados e injustos, oferecemos a exortação de Cirilo de Jerusalém, padre da Igreja, sobre os suspeitos de erro em matéria de fé. A mera suspeita, segundo Cirilo,  já autoriza que os aborreçamos. Ao abrirmos tal polêmica nada fazemos senão cumprir um dever. 

" Te reúnas com as ovelhas; foge dos lobos; não te afastes da Igreja. Aborrece, inclusive aos que em algum momento hão sido suspeitos destas coisas - da  heresia; e se, com o tempo não te convences de sua conversão, não confie neles de forma temerária. Entrega-te a verdade da monarquia divina; descobre o sentido destes ensinos: seja um provado banqueiro, retendo o que é bom e apartado de toda classe do mal. E se alguma vez foste desses, reconheçe e aborrece o erro; pois o caminho da salvação está em que os vomite e os aborreça de coração; em que te apartes deles não só com os lábios mas com a alma; em que adores o Pai de Cristo, o Deus da Lei e dos Profetas e que conheças o bom e o justo, ele que é único e mesmo Deus. Que ele os conserve a todos vós, mantendo a vós firmes e sem tropeços, fortes na fé, em Cristo Jesus, Nosso Senhor, a quem seja dada a glória pelos séculos e séculos. Amém."

In: Cirilo de Jerusalém. Catequesis (Catequesis 6. La unidad de Dios). Editorial Ciudad Nueva. Madrid, 2006, p.160. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário