Google+ Followers

terça-feira, 22 de outubro de 2013

O drama do "católico" liberal


Lobão , rockeiro e exmaconheiro , agora ídolo da direita "conservadora"
Incapazes de articular alternativas a dominação mental da esquerda no Brasil diversos elementos anticomunistas do país acabam se articulando em torno de figuras que outrora foram responsáveis diretos pela destruição dos critérios morais da sociedade , sem os quais se torna simplesmente impossível começar um trabalho pelo restauro da "civilização brasileira" ( ou do que se aproximou um dia de ser uma civilização aqui em nossas terras ) ou mesmo por sua criação , mas que agora se apresentam como opositores da bandalha petista - esquerdista que se instaurou por aqui.
 
A ilusão de que será bem sucedida essa união anticomunista  acomete tanta gente que até mesmo católicos sinceros passam a acreditar que uma união com anticomunistas de toda espécie ( incluídos aí liberais , neoliberais , "conservadores" , centristas , etc) será a saída para construir uma ordem moral e social minimamente decente.Não fazem distinção entre anticomunistas conservadores , liberais e reacionários : desde que alguém seja anticomunista está tudo bem, basta isso para torná-lo um cruzado capaz de lutar contra a corrupção que nos aflige.
 
O clima dominante nos círculos conservadores ( seja lá o que isso for já que nesse caldeirão conservador cabem tantas coisas que fica absolutamnete impossível definir que seja esse conservadorismo além do quadro comum de ojeriza ao petismo) é este: junta tudo que for contra o PT não importa o quê! Amanhã se aparecer algum satanista dizendo que é contra o PT eles vão dizer que se trata de uma aliança estratégica para o movimento!!
 
Estamos exagerando ? Pode ser , creio até que estamos ( usar excessos retóricos as vezes é necessário ) mas independente do exagero o espírito é este ou quase este.
 
E o caso do que a figura do cantor Lobão virou para tantos "conservadores" : um símbolo( isso demonstra que temos carência de símbolos) da luta contra o esquerdismo.De repente tudo que o sr Lobão fez para implementar o ideário liberal - radical ( um dos passos elementares para preparar a sociedade para a entrada do ideário socialista ) através de sua "música" foi esquecido em nome das críticas ao PT( O Sr Lobão irá retirar de circulação suas músicas revolucionárias ??? Um exemplo disso é a musica Pobre Deus : Com seus olhos maquiados de pavor  Aterrorizado com seu próprio terror  Deus tenta rezar, tenta rezar  pra quem?É muita mira pra pouca bala  No escuro, Deus não vê ninguém Oh! Pobre! Não sabe mais o que fazer...  Oh! Pobre deus!Não sabe mais se proteger...Dúvidas atrozes vêm lhe afligir  Com tanta onipotência para dividir  Essa realidade que é tão cruel  Invade a Deus menino a   ferro e fogo E agora vive num inferno no céu Oh! Pobre!...outro exemplo é a música Rock do Diabo : "Diabo, o diabo usa capote É rock é um toque é forte  Diabo foi ele mesmo que  me deu um toque  Enquanto Freud explica as coisas  O diabo fica dando os toques...Então é everybody rock O diabo é o pai do rock...acreditar que se pode lutar contra o esquerdismo sem ir as causas pofundas do mesmo é burrice.Se Lobão quer mesmo lutar contra isso que está aí tem que repudiar boa parte de sua obra e parar de vendê-la).  
 
Recentemente Lobão participou de uma entrevista dada ao Intituto Mises ( Von Mises economista da escola austríaca que defendia o amoralismo - ou seja a ausência de normas morais - na economia , tese condenada pela Doutrina Social da Igreja ) em que deixou claro qual é a filosofia em que embasa suas criticas ao PT : nada mais que o liberalismo radical :
 
Vejamos : "Além do fato incomum de um representante do universo musical passar com um bulldozer por cima do hype esquerdista, a perspectiva também libertária que embasa a sua visão crítica soou completamente estranha aos suspeitos de sempre. Pois, para escrever o livro e fundamentar a sua crítica, Lobão afirmou ter lido dezenas de livros e artigos, alguns dos quais de autores libertários e da Escola Austríaca publicados no site do IMB...Sou leitor do site, que me ajudou muito a escrever o livro e a ampliar a minha visão de mundo. O site tem textos maravilhosos e indicações de livros fundamentais. Você tem acesso a livros que não estão disponíveis em outro lugar. Eu devo muito ao site do Instituto Mises”, disse Lobão nesta entrevista ao Podcast." ( In : http://www.mises.org.br/Article.aspx?id=1593)

A questão não é se Lobão está ou não dizendo coisas reais sobre o PT.Mas se o establishment liberal por quem ele é amparado ( Não nos iludamos : Lobão é patrocinado por uma malha liberal - pragmática organizada cuja finalidade é clara : fazer do Brasil uma sociedade aberta dentro dos quadros filosóficos niilistas de Popper , Ayn Rand , Mises e cia.) é a saída : um católico que disser que sim deve rever já suas concepções sócio-políticas em clara dissonância com a Igreja.
 
O falecido e muito conhecido Prof Orlando Fedeli , fundador do Instituto Montfort deixa claro neste texto como o liberalismo é o pai do comunismo: Não é possível combater o segundo tendo as mãos o primeiro!!
 
" Evidentemente, o liberalismo é o pai do comunismo, como a Revolução Francesa é a mãe da revolução russa. E isso se prova com facilidade.A Revolução Francesa pretendeu estabelecer a igualdade de direitos políticos, estabelecendo o direito de todos a votar e a serem votados para os cargos públicos. Logo se viu, porém, que essa igualdade política era frustrada pelo poder econômico, pois quem tinha maior fortuna podia fazer maior propaganda eleitoral, e se fazer eleger muito mais facilmente do que um candidato que não dispunha de muito dinheiro para fazer sua propaganda política. Os ricos controlavam a propaganda eleitoral e ganhavam as eleições sempre. Dizia-se que todo político ou era rico, ou logo ia ficar rico…Já durante a Revolução Francesa, os jacobinos “enragés” liderados por Hébert e por Chaumette, afirmavam que seria impossível realizar a igualdade política, se não se fizesse também a igualdade econômica e social. Eram eles precursores de Marx e de Lênin.Então, o que pretendeu fazer a Revolução Soviética russa foi levar a igualdade liberal até o nível da carteira. A URSS levou o ideário liberal da Revolução Francesa e da Revolução Americana às suas últimas conseqüências econômicas e sociais"


Nenhum comentário:

Postar um comentário