Google+ Followers

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Nota de esclarecimento sobre o sr. Allan dos Santos.



Recentemente o blog prometeo liberto - no qual eu colaboro - trouxe uma matéria sobre o círculo olavista em que a figura do sr. Allan dos Santos é referida como personagem central do mesmo. A matéria em questão diz que o sr. Allan teria estudado em Arujá, no seminário dos Legionários de Cristo. Ademais o mesmo teria insinuado - segundo alguns - uma possível relação do sr. Allan com Tales, filho de Olavo, que é membro de uma tariqa.

Sobre a afirmação de ter estudado em Arujá queremos nos retratar. Sabendo que o sr. Allan esteve num seminário dos legionários anos atrás e, sabendo da existência de um seminário dos mesmos em Arujá, imaginamos que o referido havia estudado lá, por uma conclusão lógica. Porém o sr. Allan esclareceu-nos que estudou, na verdade, em Itapecerica da Serra onde existe outro seminário dos legionários.  O sr. Allan também afirma que jamais teve contato com o sr. Tales. Abrimos portanto o espaço aqui no blog para um direito de defesa do sr. Allan, daquilo que ele considera ter sido uma insinuação injusta e inverídica, pois nosso objetivo é, acima de tudo, a verdade seja lá qual for.

Quanto a afirmação de que estudou em Arujá, a mesma foi feita em boa fé, pelos motivos expostos acima, qual seja, a ignorância da existência de um seminário legionário em Itapecerica.

A "insinuação" da relação entre Allan e Tales foi na verdade, a admissão de uma possibilidade em face da relação do sr. Allan com o sr. Olavo, não constando jamais de uma afirmação categórica.

Segundo o sr. Allan não existe nenhuma relação dele com a tariqa. Nós - nem mesmo o blog prometeo liberto - não fizemos, em tempo algum, afirmações categóricas sobre essa relação. Suspeitas não devem ser confundidas com acusações. Todavia nem sempre é possível, a príncipio, não levantá-las, em razão de tudo que se sabe sobre o círculo olavista.

Assim sendo, em nome da verdade, acolhemos aqui a defesa do sr. Allan e sua alegação de inocência quanto a não estar informado sobre Tales - segundo o sr. Allan ele sequer sabia da existência do sr. Tales.

Outrossim deixo claro que o sr. Carlos Velasco do blog prometeo, não tem nada a ver com o erro da informação sobre a estada de Allan em Arujá. Quem errou fui eu e não ele. 

No mais lamentamos, sinceramente, a relação do sr. Allan dos Santos, alguém que conhecemos pessoalmente e que passamos a admirar como seminarista íntegro e defensor acérrimo da fé, com o referido círculo. Já expusemos aqui os erros teológicos professados pelo sr. Olavo e só temos mesmo que deplorar que alguém, antes tão firme na defesa da fé, tenha se deixado seduzir-  por que motivos não sabemos - pelo hábil prestidigitador. Rezamos, portanto, para que o sr. Allan volte a defender a fé como antes e entenda os riscos inerentes a pertença a esse círculo.






Nenhum comentário:

Postar um comentário